AH-O submarino não será encontrado?

Relutei em fazer essa pergunta por dias, mas com essa entrada do Sol em Sagitário, animei-me. Abri o jornal agora mesmo e me veio a pergunta horária cristalina na cabeça:

O Submarino não será encontrado?
( 22/11/2017 às 17:04:53 UTC-02 São Paulo, SP Brasil)

<MAPA HORÁRIO>

O mapa nasce na hora de Saturno, o grande regente de situações nefastas e do tempo, rege o MC do mapa horário e também o signo interceptado na décima.  Creio que Urano, o mentor da Astrologia e também regente de Aquário interceptado, nascendo no oriente de São Paulo no momento da pergunta, tem a ver com o terrível desastre do navio. Por enquanto, o que sabemos é que houve um desaparecimento inusitado no meio de águas turbulentas, com ondas altíssimas, na costa argentina e que deixou um último sinal de vida já há alguns dias. O noticiário mais recente que tenho disponível está nesses links (link1link2). Ele desapareceu desde o dia 15/11.

Bom, mas falando do mapa horário não temos boas notícias a serem dadas. Se foi realmente uma coisa de Urano como assinalou o mapa, podemos estar potencialmente frente a uma explosão no navio e consequente afundamento do mesmo. Sendo assim, é de se esperar que toda a tripulação pode estar morta e o submarino perdeu o contato pleno, não porque foi abduzido, como querem alguns sensitivos, mas porque não há mais uma vivalma nele. Vejam que Urano já entrou na 12a casa, dos desaparecimentos e está no 25º de Aquário que traz a seguinte mensagem sabiana: Um homem de olhos vendados, marchando até uma fossa profunda Interessante, não é mesmo? O homem no caso pode ser entendido como o corpo do submarino indo para o fundo.

Vejamos outros sinais do mapa horário.  A Lua, o outro significador da pergunta (primeira casa) está em conjunção partilíssima com Plutão. São apenas dois segundos passados da conjunção. Isso é um símbolo perfeito para transformação (morte) pelas águas turbulentas (lua no exílio) na nona casa (longe) e indo para os reinos de Hades (os infernos, estereotipo de um lugar distante e profundo, onde se recebem os mortos ao atravessarem o rio Tártaro).

Ainda temos Marte, o regente do ascendente (o submarino) em oposição aplicativa a Urano. Marte está também no exílio em Libra e não confere força ou potência ao submarino. Isso também é sinal de explosão. Se considerarmos o mapa horário assim, é direto que a sexta casa, das doenças, é também a causa mortis do navio. Morreu pela energia. Algo lhe falhou ou explodiu, como as baterias, combustível e propulsão.

O Sol que estava em escorpião durante o desaparecimento, acabou de entrar na oitava casa, a casa da morte, do afundamento e  distante (sagitário) ou profundo, como é bem possível. Um outro sinal do mapa horário é que ele é tardio, já não se pode fazer mais nada, pois tudo que poderia ser feito, já foi feito. O Ascendente, além de nascer em grau tardio, está em quadratura quase exata com o MC. Essa situação ocorre raramente no ano. Por outro lado, o regente da hora, Saturno, está conjunção em com o Centro de nossa galáxia, a Via Láctea, em 26-27º Sagitário e entrando na nona, uma viagem mais longa do destino. Ele é o único que faz uma ligação positiva com os tripulantes e a nave. Isso é um sinal de morte rápida.  O Sol representa o signo interceptado de Leão na 4a casa, que também é regida pela Lua conjunta a Plutão. Além disso, o Nodo Norte está nessa casa, indicando fatalidade no final das contas. Em síntese, um final trágico para o submarino.

Ainda confirmam os dados, a famosa antiscia de Marte, lado oculto da nave, que está conjunta a Netuno (mar, confuso) em Peixes (signo de água). Isso é um sinal que o desaparecimento pode ter sido mesmo por afundamento. Para quem gosta de estrelas fixas, a famosa Algol está na cúspide da 2a casa de Regiomontanus. Essa casa representa o futuro imediato da questão. Mais um sinal de morte.

Há um fato positivo nesse mapa, onde forças do exterior, anteriormente antagônicas com à Argentina, como o Reino Unido e EUA na guerra das Malvinas, se uniram ao contingente internacional para a busca. Na dor, houve a compaixão internacional. Isso é positivo para uma paz duradoura, como mostra a presença de Vênus e Júpiter na 7ª casa, dos países amigos. A Argentina acaba metaforicamente sendo a extensão de seu submarino, nesse mapa horário, representada por Áries e marte, que agora luta pelos seus concidadães. Esperamos que possam pelo menos descobrir algo sobre essa nave,  para trazer paz aos parentes que ficaram na dor de perderem seus  entes queridos, de forma tão estranha.

Estados Unidos em fase de progresso

Muitas vezes somos levados a pensar o que está ocorrendo com o mundo do ponto de vista astrológico. É complexo analisar com uma visão setorial de um único mapa astral para se anteciparem eventos mundiais. Há que se decidir por alguns tipos de mapa, sejam natais, de eclipses ou de ingressos. No entanto, há um fato notável ainda e prevalente, os EUA, apesar do poderio econômico da China e Europa, se metem em tudo do mundo. Tem a língua inglesa como universal, diga-se de passagem, no sotaque americano (Por que não inglês nigeriano, australiano ou da Índia e nem de Kentucky ou Missouri?). A resposta a tudo isso é o fator preponderante dos EUA (leia-se Nova Iorque) no mundo econômico de hoje. E a economia faz a história. O mundo depende deles e das decisões deles. As bolsas de valores estão umbilicalmente ligadas às decisões de Nova York e por aí vai. Bom, para simplificar, o mapa da independência americano deve ser vigiado de perto, pois dele se extrai fundamentalmente a sobrevivência do mundo. Um espirro americano gera um cataclismo na saúde do mundo. Portanto, é bom revisitar esse mapa de vez em quando para avaliá-lo e reavaliá-lo.

Considero como o mapa mais pertinente o de 4/7/1776 17:10 LMT Pensilvânia, quando ocorreu a assinatura da declaração de independência americana. Esse mapa foi construído com base nos registros de um observador da época. Além disso, a maioria esmagadora dos astrólogos considera esse mapa com a referência de estudo para os EUA.

<<MAPA EUA>>

Vamos lá! Considerando esse mapa apenas de um ponto de vista de progressão secundária, temos que o SOL progredido encontra-se em uma situação inusitada. Os EUA vão receber um trígono exato de SOL progredido por progressão secundária no início do ano que vem. Todos sabem que o SOL é o elemento principal de vida, trata-se do vigor e potencial de força geradora que impulsiona o país para o futuro. Considerando-se o trígono em formação, um ângulo de 120 graus entre o Sol natal e o progredido, deve ser considerado como absolutamente harmônico. Influencia diretamente no progresso de um país. Não é à toa que rios fazem confluência nessa formação geométrica e as árvores tem seus galhos nascendo também nessa angulação. Tudo que progride com o tempo tem esse ângulo como propulsor. Não foi por acaso que os homens escolheram a entrada de suas vias de trânsito com fluxo rápido com uma angulação semelhante. Isso faz com que o tráfego não pare e seja fluído. Pois é, esse Sol progredido já está em orbe de aproximação há mais de 1 ano e vai estar exata no mês de fevereiro de 2018, como mostra o gráfico abaixo:

<<TRIG SOL Prog – SOL Natal>>

O Sol vai estar exatamente a 13Pi19. Essa posição influencia por anos um mapa de uma pessoa ou país.  Desde quando os EUA se tornou independente,  a última e única ocorrência desse trígono em 13Sc19 ocorreu na passagem do século 19 para 20, mais precisamente em Setembro de 1889. Vejam que esse posicionamento ocorreu na 11ª casa, propiciando se montarem as metas de progresso para o futuro e que, na época, estabeleceram um grande salto econômico no modelo capitalista dos EUA. Vejam a inclinação desse crescimento do PIB americano, no gráfico abaixo. Na passagem do século, quando ocorreu aquele trígono, houve uma inclinação muito acentuada do PIB, bem maior do que nos anos anteriores e posteriores .

<<PIB EUA>>

Desta forma, vejo que haverá um novo boom no comércio (Sol progredido na 3a) dos EUA com o mundo (SOL natal está na sétima e no signo da oitava, que simboliza economia e mercado financeiro). Certamente, isso favorecerá às bolsas de valores e o crescimento deve ser sentido, como já está ocorrendo, por uns bons 2 a 3 anos à frente. O Estados Unidos deve crescer nesse período.

Portanto, acredito que em termos brasileiros, à reboque dos EUA, vamos entrar também em uma época promissora nos próximos meses, talvez anos,  e isso influenciará todo processo político brasileiro com uma certa euforia de crescimento. Com muita possibilidade, a direita política continua no poder do Brasil, enfraquecendo de forma contumaz a esquerda. Que não seja a extrema direta! Vamos pensar, que nesse contexto da influência positiva dos EUA, teremos um quadro político-financeiro no Brasil mais razoável no Brasil.

Adon Saleeby