Arquivo da categoria: Geral

Assuntos Gerais

O Playboy morreu…

Foi noticiada a morte de Hugh Hefner, em 27/09/2017, o fundador da Playboy em 1953. Morreu velho aos 91 anos, 3 mulheres e 4 filhos e uma fortuna inestimável. Foi publicitário, produtor de filmes, livros e revistas, dono de casinos, serviço de limousines e toda a gama de coelhinhas do Playboy. Não foi o primeiro a publicar revistas com mulheres nuas, mas certamente foi quem deu os melhores contornos artísticos ao nu feminino, fazendo-as objetos de cobiça e venda em um mundo machista e libertário. Nasceu em uma família do meio oeste americano dentro do puritanismo metodista. Com os primeiros mil dólares emprestados pela sua mãe, publicou a Playboy que se tornou ícone mundial de fama. E a partir daí foi acumulando a fortuna que o tornou um dos bilionários americanos mais polêmicos, à semelhança do Donald Trump.

Fiquei curioso para ver o mapa astral dele e tentar entender pela astrologia o que havia de diferente com relação aos demais seres humanos. A astrologia natal desse magnata revelaria algo? Ei-lo na figura abaixo.

<<Hugh Hefner – Mapa Natal>>

Nasceu virgem… ops… O Ascendente dele era virgem. Daí a riqueza de detalhes em tudo o que ele fazia e apresentava. Ele era ariano, mas com o Sol na cúspide da oitava casa (sexo, muito sexo!);  tinha Urano na cúspide do descendente, em Peixes. Não é à toa que via os relacionamentos extraordinariamente flexíveis e, porque não dizer, cheios de confusão, revolução sexual e muita farra, regado a grandes lances de orgia. Era a confusão plena em todas as direções. Deve ter aprontado grandes bacanais. Junte-se aí o Mercúrio regente do ascendente, retrógrado em Áries, em conjunção aberta com Urano. O velho sempre foi safado, desde novo. Comprovações dessa loucura de prazer podem ser vistas também na quinta casa, com Júpiter e Marte, dançando freneticamente no signo de Aquário. Isso é que era um prazer descomedido, cheio de permissividades, embalados por Júpiter (os excessos) em oposição à Netuno (o ar de magia e busca do desconhecido) na nona casa (cheio de amigos e amigas).

Mas, ele não se perdeu nos excessos, soube dar excesso à sua vida, com uma longevidade inigualável. Falemos disso mais à frente. Antes é interessante ver como uma pessoa ficou tão rica, com a extravagância de um momento da humanidade em busca do prazer e da luxúria. Soube explorar como nunca o sexo. Começou com Marilyn Monroe, estampando-a no lançamento da Playboy. E assim utilizou o que a humanidade machista desejava hedonisticamente, fazendo as mulheres como objeto de seu trabalho. Vejam lá na sexta casa dele, os maiores símbolos de sexualidade feminina – Vênus e Lua  em Peixes, como objetos plenos da sua rotina de trabalho. Elaborou magnificamente as bundas e os peitos. Sempre se viam essas partes femininas com um lustro especial em que a languidez e a pele umedecida eram símbolos de um desejo quase tocados. Criou o ícone das coelhinhas, rechonchudas e deliciosas ao toque visual. Trabalhou com Netuno como nunca. E com o seu Netuno em Leão fez daí o seu pote de ouro. Tudo era oferecido e nada era dado. Só aos olhos podiam consumir o objeto de desejo. Quantas borracharias e mecânicas, Brasil afora, não se viam ornados com posteres da Playboy, com marcas de óleo e graxas.

Libra, na segunda casa, normalmente dá dinheiro. Esse signo é regido por Vênus, o planeta do dinheiro. E Vênus estava na sexta em peixes. Fez da mulher o seu objeto de trabalho e delas extraiu o máximo que pode. Está aí o seu império para provar.   Ainda podemos ver o sucesso no meio do céu em Gêmeos, também regido pelo famoso Mercúrio retrógrado. Fez da arte da repetição da mulher nua, anos e anos, o sucesso profissional. O negócio era inovar na repetição. Vendendo sempre o sexo como opção. Para comprovar esse fato, vejam o regente pleno do pecado e do sexo, Plutão, plantado na décima casa (profissão). E isso foi conseguido principalmente através de uma revista. Saturno na terceira casa (publicações) era o regente da Revista. Saturno em Escorpião, sob a batuta de Plutão (Vagina) em câncer (Peitos e Bundas) e Marte na quinta (a tara sexual).

Agora ele morreu. Isso ocorreu depois de seu terceiro retorno de Saturno e já em conjunção com a casa do final dos tempos (a quarta casa). Saturno em sagitário trouxe-lhe pompa e reverência até na morte, com grande divulgação através da mídia. Com Sol-Mercúrio e Marte lhe enquadrando o Ascendente. Essa foi a morte de um empresário polêmico que passou pela Terra e modificou-a na forma de viver e pensar.  Um mapa interessante, parece que a astrologia natal funciona.

Adon Saleeby

 

Horóscopo?!… Não! Fora!

Hoje, fui literalmente escorraçado de um grupo português por publicar horóscopos. Sim, o horóscopo por decanatos, que sempre publico todos os dias e que me dão um tremendo trabalho para prepará-los, foi a causa da expulsão. Chamaram-me de robot e de propagandista. Fui tratado como um intruso em sala alheia. Supostamente, todos eram astrólogos por lá. Percebi, então, que pertenciam a um séquito para-religioso, talvez um grupo fanático com alguma linha astrológica seclusa. Fizeram comigo, o que faziam na idade média, com as bruxas e videntes. E assim fui queimado na fogueira virtual. Odeiam-me os donos da lista, talvez nem todos os membros, que ali frequentam. Talvez não só meus horóscopos, mas também os meus textos astrológicos interpretativos vindos de uma terra longínqua.

Resolvi consultar o que havia escrito em meu horóscopo. Para minha constatação estava lá o vaticínio.

1° Decanato de Virgem – de 23/08 a 01/09 [Conjunção com o Sol] Momento interessante para você refletir sobre toda sua natureza social e profissional de uma forma decidida. As pessoas estarão prestando muita atenção em você… Afinal de contas é o momento do seu aniversário. [Semiquadratura com Lua] As suas emoções nesse momento são desafiantes. Deve-se enfocar nos problemas da casa e nas relações familiares com menos emoção. [Conjunção com Mercúrio] Por que não falar o que está pensando. Seu aspecto comunicador é forte e pode lhe trazer bons lucros… Vá em frente, pois parado você não pode ficar.

Apesar do aspecto tenso com a Lua, havia indicações que não poderia aceitar essa cena de bom grado e ficar quieto. Deveria falar. E estou falando, até mesmo, para explicar porque faço esses horóscopos.

Primeiramente, a astrologia solar,  baseada na posição natal do Sol (nosso signo solar) é mais antiga do que a serra. São esses os horóscopos. Baseiam-se em nosso astro-rei, onde estava posicionado no momento de nosso nascimento. Esse é o ponto fundamental de nossos mapas astrais. Sobre esse ponto devemos nos debruçar para entender os motivadores astrológicos que nos guiam no dia a dia.  Horóscopos existem desde antanhos, quando a astrologia se conhece como arte de interpretação do futuro. Há um registro contundente, que chegou até nossos dias, de Santo Agostinho (século 3) fazendo vaticínio com a posição astral para um empresário da época. Ele escreveu isso.

Há vários tipos de horóscopos. Muitas vezes, os horóscopos, como os de jornais, são criticados, pois tem uma orbe muito grande de interpretação (+/- 15º de longitude zodiacal). Resolvi dividi-los em decanatos (10º) e a orbe de interpretação fica muito mais precisa, cai para +/- 5º. Para ser mais detalhista, pois sou virginiano do primeiro decanato, coloco junto ao comentário, o aspecto que ocorre ao Sol natal pelos planetas mais rápidos (Lua, Mercúrio, Vênus, Marte) fazendo aspectação com o ponto central do decanato. Tudo feito com precisão matemática, utilizando as efemérides da NASA. Redijo minhas análises para essas angulações e com ajuda do computador monto o horóscopo com os cálculos e textos. Assim eu não erro. Monto tudo direitinho e faço a publicação diária do horóscopo. Isso é um grande trabalho. Disso não usufruo nada, aliás gasto para manter o site. Por outro lado, a minha profissão de professor universitário e os alguns clientes que tenho já me dão a estabilidade financeira necessária para a minha vida. Portanto, que fique claro, que faço horoscopia por amor à arte e até mesmo a promoção de nossa arte-ciência tão desacreditada nos dias de hoje.

Vou além, pois acredito que os horóscopos levam às pessoas orientações para se entenderem com o seu signo astrológico. Isso me motiva espiritualmente e já me faz  feliz em poder ajudar. Isso é para mim uma missão.

Poderiam me questionar quanto às interpretações. Bom, primeiramente, não destruo ninguém, falo de possibilidades de vencer obstáculos em momentos astrológicos críticos e de crescer quando os fatores são positivos. Por exemplo, para mim mesmo, o horóscopo de hoje me ajudou a entender, que não deveria me calar, mas expressar o meu sentimento e sobre o que pensava. Só o fato de já estar escrevendo aqui, fico menos descontente com a minha exclusão da referida lista. Analiso-os agora, como pertencentes a uma outra cultura e que não falam a mesma linguagem e estilo astrológico do nosso Brasil.  Que fiquem em paz com o que desejam para si! De qualquer forma, amo Portugal e os portugueses. Mas cada um no seu quadrado, isso os regentes da lista, da qual fui expulso, me mostraram.

Acho que caberia aqui comentar que a astrologia é um espectro amplo. Cabe considerá-la desde a chamada astrologia científica até a astrologia espiritualista e mista com outras artes mânticas. Todos que utilizam o céu como meio de linguagem simbólica não deixam de ser astrólogos. Isso é a verdade! Um horóscopo, como esse que faço, é muito próximo de uma interpretação por trânsitos no mapa astral. Um astrólogo não poderia falar muito mais do que tenho escrito sobre a aspectação do sol para um determinado dia. Mas, mesmo assim,  isso tem sido interpretado com reservas e, até mesmo, abominação por alguns. Pena que esse preconceito exista até mesmo dentro do nosso meio astrológico.

Utilizar a astrologia, em todas as suas vertentes, pode alterar  muito o nosso comportamento pessoal e interpessoal. Mas, para que isso ocorra, temos que olhar com maior amplitude e tolerância todo esse cosmos ao nosso redor.

Em pleno inferno zodiacal, mas quase saindo dele, abraço a todos vocês que puderam me ouvir nesse desabafo.

Adon Saleeby